Viseu – Uma região a descobrir, a saborear!


Segundo os ditos populares, a cidade de Viseu surgiu de um cruzamento de estradas romanas. Toda a história da origem de Viseu é bastante incerta devido à falta de fontes de historiografia clássica. Foi a pátria de D. Duarte e inspirou Grão Vasco.

Do seu espólio, destacam-se a Cava do Viriato, a Sé Catedral, o Museu de Grão Vasco, o Passeio dos Cónegos, a Torre de Aljube e a Igreja da Misericórdia.

Sugestões

Visitas
A Sé merece uma visita. Esta catedral conserva ainda elementos românicos, no entanto, foi modificada durante vários séculos, abrangendo actualmente diferentes estilos arquitectónicos, harmoniosamente interligados. O tesouro da sé está abrigado na casa do capítulo e contém Evangelhos do século XII e um cofre de Limoges do século XIII.

O Museu Grão Vasco está situado num edifício do século XVI e contém algumas pinturas que pertencem ao tesouro da catedral. Possui uma vasta colecção de trabalhos do grande pintor português do século XVI, Vasco Fernandes (conhecido como Grão Vasco), algumas magníficas pinturas da escola francesa, alemã, flamenga e espanhola e algumas pinturas portuguesas dos séculos XIX e XX. Inclui também esculturas (séc. XIII-XVI), cerâmica (séc. XVI-XVIII), assim como mobiliário dos séculos XVII e XVIII.

Vale a pena passear pelo Parque Natural da Serra da Estrela. Esta é a nossa maior área protegida e é aqui que se encontra o ponto mais alto de Portugal. Aqui encontrará rochedos e penhascos, rios e ribeiros… Isto porque o parque se situa no maciço montanhoso central e porque aqui nascem os rios Mondego e Zêzere. Esta serra é de origem glaciar, origem essa que nos permite usufruir de cerca de 25 lagoas naturais!

Gastronomia
Por onde começar? Será difícil escolher. A gastronomia é sem dúvida um dos grandes atractivos desta região. Nesta região, de vastas pastagens, encontramos rebanhos de ovelhas, guardados pelos cães Serra da Estrela. É com o leite das ovelhas que se produz o Queijo da Serra. A não perder também os enchidos.

Destacamos o pão de centeio e a broa de milho, assim como os enchidos da região e o presunto. A acompanhar as suas refeições não dispense os vinhos brancos ou tintos do Dão/Lafões!

 Na região de Dão-Lafões
Para os que apreciam sopa não devem perder a sopa de feijão com couve à Lafonense.

Para prato principal sugerimos o bacalhau ou polvo assados à Lagareiro e a já famosa vitela assada à moda de Lafões! Igualmente apreciados são o bacalhau com broa e o Cabrito à Lafões. Para adoçar sugerimos o Pão-de-ló de Sul, o Folar, os Caladinhos e os Vouguinhas. Como digestivo existem muitos licores por onde escolher!

Na região da Serra da Estrela
Para pratos de carne sugerimos o Cabrito na Telha e o Cabrito à Serrana. São produtos regionais de Seia o Mel Serrano, a água-pé, a jeropiga, a aguardente de bagaço e de zimbro.

Um especial destaque para o Queijo da Serra, ex-libris da região da Serra da Estrela. A sua história remonta há cerca de 2000 anos. Este queijo é produzido unicamente com leite de ovelha da ração Borladeira e é coalhado com uma planta característica desta região, a flor do cardo.

Veja aqui as nossas sugestões para a sua escapadinha até Viseu.

Uma resposta

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Pedro Gomes, Abreu Viagens. Abreu Viagens said: Viseu – Uma região a descobrir, a saborear! http://wp.me/pArdu-Fb […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: