Norte de Portugal… Entregue-se a Melgaço de corpo e mente.


Norte de Portugal… Entregue-se a Melgaço de corpo e mente.Viajar até Melgaço significa ser testemunha de paisagens que se estendem por serras, apreciar o rio Minho, apreciar vestígios antigos. Melgaço é intemporal.

Sinta o prazer de passear por paisagens preservadas pelo tempo, de ver testemunhos antigos da nossa cultura, de degustar a excelente gastronomia do norte do país. Aqui estão todos os “condimentos” para passar um fim-de-semana único.

Melgaço está localizado no extremo norte do país, junto à Galiza. O património histórico e cultural é rico e diversificado. Encontrará testemunhos de diferentes épocas, da pré-história até aos nossos tempos. Desde monumentos megalíticos, arte rupestre, castros às igrejas, castelos, pontes… É ainda rico em solares e casas senhoriais, muitas das quais integradas em quintas vitivinícolas.

 Mas falamos-lhe também na paisagem e na gastronomia.  Ao património construído, de cariz militar, religioso e civil, junta-se o património natural, com as serras do Soajo e da Peneda e o rio Minho, com as suas paisagens deslumbrantes e o património cultural, onde a gastronomia e as tradições irão definitivamente conquistá-lo.

 Passeie pelo centro histórico, pelas ruas de calçada à portuguesa. A povoação desenvolveu-se em redor do castelo. Observe a torre de menagem que permanece intacta. Este castelo foi mandado construir por D. Afonso Henriques, no séc. XII.

Destacamos ainda a produção de um vinho muito especial… Os nossos vinhos verdes são únicos e apreciados pelo mundo fora… É apenas em Melgaço e em Monção, zonas verdejantes e frescas, que se produz um dos mais apreciados vinhos verdes portugueses, o Alvarinho.

SUGESTÕES

Monumentos

A Igreja de Nossa Senhora da Orada merece a sua visita. Fica junto a Melgaço e dali poderá observar uma vista panorâmica sobre o vale do Minho. Esta capela, em estilo românico, tem uma decoração digna de referência. Repare no portal e nas decorações ao longo das cornijas. De referir ainda a árvore da vida, no tímpano lateral.

Se é apreciador da arquitectura religiosa visite ainda a Igreja de Paderne.

Não perca também uma visita a Castro Laboreiro, cuja fundação remonta à Idade do Ferro. Aqui descobrirá ainda o cão de Castro Laboreiro, cão dócil e afável, exímio na guarda de rebanhos. Repare nas inúmeras pontes da aldeia. Aqui encontrará também vários monumentos do megalítico.

Gastronomia

 A qualidade dos produtos alia-se à sabedoria popular em especialidade gastronómicas de fazer crescer água na boca. Os enchidos, o mel e o presunto são produtos sempre presentes, assim como o cabrito e os peixes de rio, como a lampreia.

sugerimos alguns pratos típicos que farão das suas refeições verdadeiros festins. Começamos pelo peixe. Se estiver na época da lampreia prove a Lampreia com arroz à bordalesa, que poderá ser frita com ovos ou assada. Ainda nos peixes peça também a truta do rio Minho abafada. Para as carnes não pode deixar de provar o cabrito assado. O cabrito é aqui assado a lenha, nos fornos que cozem o pão. Prove ainda o sarrabulho e os grelos com rojões. Para sobremesa delicie-se com os pastéis mimosos.

A acompanhar não poderíamos deixar de recomendar o Alvarinho!

Se é apreciador de vinho não deixe de fazer uma visita ao Solar do Alvarinho, onde poderá fazer provas de diversas variedades deste vinho. 

As nossas sugestões:

Melgaço – Especial SPA desde € 187

2 Noites | APA + Ofertas

Monte Prado Hotel & Spa 4 estrelas

http://bit.ly/bGRUJ5

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: